sábado, 14 de maio de 2016

Primeiros passos do iniciante no Debian Jessie.

É inevitável uma surra ao chegar no Debian, isso é com todos e você não deve desistir.
Para tentar amenizar essa chegada no papai Debian e tornar ela mais amigável criei essa matéria.







Sudo e Sudoers 


A primeira diferença em relação as demais distribuições, é a ausência do comando sudo, para resolver isso, abra o terminal e de os comandos abaixo.

su

apt install sudo gksu

Outro problema também relacionado ao sudo, é o erro de seu usuário não está no sudoers, para resolver isso de os comandos abaixo no terminal ( Altere seuuser no comando pelo seu nome de usuário.


su

adduser seuuser sudo

Os dois problemas também podem ser solucionados sem usar o sudo, você pode se acostumar a usar o su para logar como root e dar seus comandos sem o sudo no inicio. 


Repositório


Vários usuários tem duvidas quanto que repositório usar ( Sources.list ).
No Debian você pode usar quatro tipos de repositórios.

Main - É o padrão do sistema e só contem pacotes livres, como pede a politica Debian.

Contrib - Contem programas que possuem dependências não livres.

Non-free - Contem programas não livres.

Backports - Contem programas livres ( pode conter pacotes que precisem de dependências não livres ) em versões atualizadas, com uma ótima qualidade e beixo indice de bugs.

Quanto aos repositórios testing, unstable e experimental, não os use de forma alguma no seu Debian stable.


Sources.list oficial do Debian Jessie, atual versão stable.


deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie main 
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie main 

deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main 
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main 

deb http://security.debian.org/ jessie/updates main 
deb-src http://security.debian.org/ jessie/updates main


Essa sources.list só contem pacotes livres, isso pode ser um problema com alguns hardware, para quem gosta de música, vídeos e imagens, dependendo o caso.

Se você gostaria de ter uma sources mais completa e não se importa em usar programas não livres, altere a sua sources.list para a seguinte.


deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free

deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main contrib non-free

deb http://security.debian.org/ jessie/updates main contrib non-free
deb-src http://security.debian.org/ jessie/updates main contrib non-free
deb http://http.debian.net/debian jessie-backports main contrib

Note que a alteração foi apenas no final das linhas, de main para main contrib non-free.

Mas como vou alterar isso?
Simples, abra o terminal e de o comando abaixo ( substitua o gedit pelo editor de texto do seu ambiente gráfico ).

sudo gedit /etc/apt/sources.list

Apague tudo e cole as linhas abaixo.


deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free

deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main contrib non-free

deb http://security.debian.org/ jessie/updates main contrib non-free
deb-src http://security.debian.org/ jessie/updates main contrib non-free

deb http://http.debian.net/debian jessie-backports main contrib 


Salve o arquivo e feche.
No terminal de o comando abaixo para atualizar o apt-get.

sudo apt update
De o comando abaixo para atualizar o sistema.

sudo apt full-upgrade

Agora seu sistema está com a sources.list quase completa.
Caso queira maior diversidade de programas referentes a multimédia, você pode adicionar o repositório do deb-multimedia. para isso abra a sources.list novamente com o comando abaixo ( substitua o gedit pelo editor de texto do seu ambiente gráfico ).

sudo gedit /etc/apt/sources.list

No final do arquivo adicione a linha abaixo.

deb ftp://ftp.deb-multimedia.org jessie main non-free

Ficando assim a sua sources.list.

deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie main contrib non-free

deb http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian jessie-updates main contrib non-free

deb http://security.debian.org/ jessie/updates main contrib non-free
deb-src http://security.debian.org/ jessie/updates main contrib non-free

deb http://http.debian.net/debian jessie-backports main contrib 
deb ftp://ftp.deb-multimedia.org jessie main non-free

Salve e feche o arquivo.

No terminal de o comando abaixo para atualizar o apt-get, não se preocupe com a mensagem de erro no final.

sudo apt update

De o comando para instalar a chave do repositório multimédia.

sudo apt-get install deb-multimedia-keyring

Atualize novamente o apt-get, agora não vai ter mensagem de erro, a chave foi instalada.

sudo apt update


De o comando abaixo para atualizar o sistema.

sudo apt full-upgrade
Pronto, agora seu repositório está completo, não tem mais o que adicionar e é só instalar os seus programas.


Codecs e plugins.


Com a sua sources.list preparada para o que de melhor tem no mundo Debian, abaixo uma lista de alguns codecs.


gstreamer1.0-fluendo-mp3
gstreamer1.0-plugins-bad
ffmpeg
sox
twolame
vorbis-tools
lame faad


Para instalar todos de uma só vez, de o comando abaixo no terminal.

sudo apt install gstreamer1.0-fluendo-mp3 ffmpeg sox twolame vorbis-tools lame faad gstreamer1.0-plugins-bad

Arquitetura i386 em sistemas amd64.


Adicionar a arquitetura .386 é fundamental no caso da instalação de alguns programas que usam essa arquitetura, alguns exemplos.

Wine
Steam
Drivers de vídeo

Para adicionar a arquitetura i386 em seu apt-get, de o comando abaixo.

sudo dpkg --add-architecture i386

Atualise o apt-get com o comando abaixo.

sudo apt update

Pronto, quando for instalar um programa no seu sistema amd64 que precise de pacotes i386, a instalação sera automática.


Java da oracle.


Você pode usar sem medo uma PPA, isso vai facilitar muito essa tarefa e sem prejudicar em nada o seu sistema.

Abra a sources.list novamente com o comando abaixo ( substitua o gedit pelo editor de texto do seu ambiente gráfico ).

sudo gedit /etc/apt/sources.list

No final do arquivo adicione a linha abaixo.

deb http://ppa.launchpad.net/webupd8team/java/ubuntu trusty main


Salve e feche o arquivo.

No terminal de o comando abaixo para atualizar o apt-get.

sudo apt update

Remova o openjdk com o comando abaixo.


 sudo apt-get remove --purge openjdk*

Use apenas o comando da versão desejada para a instalação.

Oracle 8

sudo apt-get install oracle-java8-installer

Oracle9
sudo apt-get install oracle-java9-installer

O autoremove.


O comando apt autoremove, costuma fazer estragos no Debian, para evitar problemas, leia essa matéria com atenção antes de remover um programa do seu sistema e em seguida dar o autoremove.

Ao remover um programa no Debian o apt removeu o Gnome.


O básico é isso, assim você já não vai sofrer com o Debian :)

Se tem dificuldade em mais algum ponto não abordado aqui, deixe seu comentário para que eu adicione uma dica para a sua dificuldade, ela sera útil para mais pessoas.


Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!













8 comentários:

  1. Prefiro usar o aptitude ao apt devido a opção -s, que simula a instalação e desinstalação dos pacotes. Se algo for quebrar, você já consegue ficar de sobreaviso e arrumar antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O aptitude considero totalmente desaconselhável ao iniciante, por apresentar opções que somadas a inexperiência do iniciante podem destruir o sistema. O apt tem a opção -s, mas isso também não é para o iniciante, é para o intermediário, o iniciante só deseja entrar no sistema sem muitas delongas, depois se ele quiser ele se aprofunda, ou não, mas cada coisa tem sua hora :)

      Excluir
  2. Só queria ver minha nvidia 940m rodando no debian sem problemas, mas já apanhei tanto que não sei o que fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para isso vc deve entrar em um de nossos canais e criar um tópico de ajuda, para que possamos te ajudar

      Excluir
  3. Olá estou usando o Debian há quase uma semana, só estou confuso se devo usar apt-get (como no Ubuntu), aptitude (muita gente fala pra usar, mas não vem instalado por padrão) ou só apt (como vc citou na matéria)?

    Uso a versão Testing e já uso linux há um tempo, sou novo no Debian, mas uso distros Debian like tem mais de um ano. Qual devo usar, Ricardo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer um, apt e apt-get são a mesma coisa, o aptitude vai precisar de conhecimento intermediário/avançado para não mandar ele fazer m..., não recomendo ao iniciante.

      Excluir
  4. Excelente tutorial Lobo, vou recomendar aos colegas.

    ResponderExcluir