sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Remover versões antigas do kernel Linux, para Debian, Ubuntu e derivados

Quando uma nova versão do kernel é instalada, a antiga continua instalada e ocupando espaço.
Veja nessa matéria a forma segura de fazer uma limpeza em kernels antigos.








Recomendação


Para garantir que um kernel panic ( Versão Linux da tela azul da morte ), erros de firmware (drivers)  não impeça que você use o seu computador, é sempre aconselhável deixar ao menos duas versões de kernel instaladas na maquina, se a mais atual der problemas, você tem a mais antiga para usar.

Para usar uma versão antiga do kernel, basta no boot, na tela do Grub você escolher a segunda opção "Opções avançadas ....







No próximo menu escolha a versão mais antiga do kernel.




Portanto deixe sempre um kernel salva vidas instalado ;)


Listando os kernels instalados


Para listar todos kernels instalados na sua maquina, de o comando abaixo no terminal.

apt search linux-image | grep 'installed'

Nesse exemplo eu tenho 3 kernels instalados, portando um o mais antigo pode ser removido.

O linux-image-4.13.0-17-generic, linux-image-extra-4.13.0-17-generic




Para remover o kernel dispensável nesse exemplo o comando seria.

sudo apt remove --purge linux-image-4.13.0-17-generic linux-image-extra-4.13.0-17-generic

Veja na saida do terminal o detalhe de que os headers não são mais necessários e devem ser removidos posteriormente.




Mesmo o apt tendo recomendado usar o comando apt autoremove para remover os headers, note na imagem que ele ignorou a existência dos mesmos para remoção (bug).







Devido a esse erro do apt, remova manualmente os pacotes, nesse exemplo o comando seria.

sudo apt remove --purge linux-headers-4.13.0-17-generic linux-headers-extra-4.13.0-17-generic

Agora sim os pacotes desnecessários foram encontrados.




Verifique novamente os kernels instalados e veja que agora você só tem o em uso e o de emergência.

apt search linux-image | grep 'installed




Faxina completa e segura ;)




OBS: Muito cuidado com programas de PPA para esse proposito, faça manualmente como descrito aqui, faça tendo consciência do que está fazendo.

Também não use o velho comando abaixo, ele além de remover todos os kernels sobressalentes te deixando sem o de emergência, pode comprometer o seu sistema removendo até o kernel atual, cuidado.

dpkg -l 'linux-*' | sed '/^ii/!d;/'"$(uname -r | sed "s/\(.*\)-\([^0-9]\+\)/\1/")"'/d;s/^[^ ]* [^ ]* \([^ ]*\).*/\1/;/[0-9]/!d' | xargs sudo apt-get -y purge

Mesmo ele tendo sido amplamente divulgado pelo GRANDE André Gondim a quem devo grande parte do meu conhecimento, ele não deve mais ser usado.

Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!











Nenhum comentário:

Postar um comentário